terça-feira, 28 de novembro de 2006

Em cartaz...

Não veja:



Se você ama o Nicolas Cage, não pode viver sem aquela cara de loser, aquelas tiradas ruins ou aquele seu olhar de policial degenerado, faça um favor a si mesmo: não assista a este filme. Porque tem coisas que a gente faz só por dinheiro. Ele também.



Assita já:



Eu também não dava nada por esse filme, acredite. E, sim, existem alguns pequenos filmes perfeitos, que não te dão a impressão de estar sendo enganado mais uma vez por aqueles roteiros fast food do cinema. Não que os roteiros fast-food sejam ruins, muito pelo contrário. Se fossem ruins, não seriam repetidos à exaustão. E quando eu digo exaustão, quero dizer exaustão mesmo, cansaço. E aí, a coisa acaba sendo só uma questão de roteiro bem ou mal executado. Não é o caso de Pequena Miss Sunshine, ele representa uma verdadeira raridade, algo quase demodé: um roteiro original (!!!). Portanto, ria de coisas que você nunca riu antes, ouça diálogos inusitados e conviva com personagens como eu ou você: perdedores (desculpas se você não for - mas veja o filme e entenda).

6 comentários:

lili disse...

é liiiindo de morrer!

lili disse...

o pequena miss sunshine, não o outro hehe

vina apsara disse...

por favor, não se mate esta noite...

O Invisível disse...

Sensacional.
Sugestão de filme:
The girl in the caffe (Inglaterra)
Sentimental, cômico e engajado.

nai disse...

outro filme muito, muito legal, que eu recomendo pra todo mundo, é café da manhã em plutão. não sei se ainda está em cartaz, mas vale muito a pena.

Vina Apsara disse...

eu já vi, tb. é de chorar, ai, ai... alguém ai já viu fonte da vida?