terça-feira, 27 de março de 2007

"Poderia viver com a paixão infeliz; mas este rancor sem vingança é um inferno. Não hei de dar barata a vida, não. Ficarás sem mim, Teresa; mas não haverá aí um infame que te persiga depois da minha morte. Tenho ciúmes de todas as tuas horas. Hás de pensar com muita saudade no teu esposo do céu, e nunca tirarás de mim os olhos da tua alma para veres ao pé de ti o miserável que nos matou a realidade de tantas esperanças formosas"

Pista: Levei calote nesse livro, comprando-o por 8 reais: a verdade é que ele valia algo em torno de 1.50, novo. Ao mesmo tempo, vencida a quase semana que passei tentando parar de rir do primeiro parágrafo, esse livro está virando lentamente um dos meus preferidos, por alguns motivos escusos que também me levam a amar filmes de karatecas voadores (death trance, inimigos do império, etc etc etc).

7 comentários:

Babi disse...

Amor de perdição?

vina apsara disse...

yeeees!!!

Babi disse...

êeeeeeeeeeeeeew

vi este livro em Porto Alegre!

Anônimo disse...

Se o livro é um dos seus favoritos agora, não valeram os oito reais?

W

Bruno disse...

Devia vender a kg essas paradas ;0)

vina apsara disse...

não, não valeram...
prova disso é chegar ao dia 25 com 4.49 reais na conta...

Anônimo disse...

O dia que for o SEU livro, espero que o autor desse não se lembre disso... hehhehehehe

W