domingo, 19 de outubro de 2008

Que não explica o anterior

Já repararam que em todas as casas sempre tem um livro do Machado de Assis? Não é à toa. Hoje, terminei de ler o Brás Cubas e posso dizer positivamente que eu nunca tinha lido antes, não desse jeito. Excelente! Nossa, esse homem sabia como começar e como terminar um livro - vocês lembram do final? E, my personal favorite, Machado tem um tino incrível para o anacronismo. Ninguém me diz que aqueles capítulos curtíssimos não eram nonsense. Imaginem-se um intelectual do século XIX - o maior escritor brasileiro, diga-se de passagem - ficando célebre por capítulos como este:

Capítulo CXXXII

QUE NÃO É SÉRIO

Citando o dito da rainha de Navarra, ocorre-me que entre o nosso povo, quando uma pessoa vê outra pessoa arrufada, costuma perguntar-lhe: "- Gentes, quem matou seus cachorrinhos?", como se dissesse: "-Quem lhe levou os amores, as aventuras secretas, etc.". Mas este capítulo não é sério.

Cumpre ler Machado de Assis.

6 comentários:

LRP disse...

eu sou chato o bastante pra gostar é do Memorial de Ayres...

vina apsara disse...

afe. não li ainda... o lance do machado é que a gente tem que economizar os romances, porque tem poucos. sem contar a fase romântica, né? que se é pra ler romântico, melhor ler castelo branco.

júlia disse...

meu deus, cumpre COMER machado de assis

(esaú
e jacó!
esaú
e
jacó!)

e ah menina, nem vem, o ressurreição, primeiro romance, já tem muito do machadão lá embora não tenha.

e ah! o helena uma vez me fez chorar. em sala de au-l-a. foi uma coisa assim, bacana e tocante. eu e as cigarras da usp! todos vamos morrer de cantar

Tata Marques disse...

E o 'Diálogo de Adão e Eva'? Quem mais arriscaria num capítulo inteiro de reticências e exclamações? Eu só nunca lembro se ele está no Memórias ou no Dom Casmurro. Machado foi meu primeiro amor e também chorei lendo Helena.

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Machado Blogueiro? Dadaísta?

Acho que era o lance do folhetim. às vezes ele dava uma de "Angeli em crise" e só enchia lingüiça. Mas, como ele era Machado, enchia de carnes finas, e tal.

vina apsara disse...

adoro encher linguiça.

putz, o que é com esse Helena?

Pois é, o lance do diálogo com Adão e Eva é uma das coisas que Machado mais ou menos tirou daquele livro que todo mundo diz que o Memórias é cópia. Blablabla Finn, eu acho. Vi uns fac-similes da internet, tem um capítulo que é só uma cobrinha desenhada.