domingo, 22 de fevereiro de 2009

curva de vina

eu tive uma ótima idéia ontem. adivinha? dormi. é foda essa resistência que eu tenho à idéia de que, sim, eu esqueço das coisas e que, sim, eu preciso anotar essas pequenas frases perfeitas, mesmo que no outro dia elas não sejam tão perfeitas assim e que eu me sinta estúpida por ter anotado. é uma daquelas curvas matemáticas que funcionam em moto contínuo, tipo uma senóide, tipo a vida, tipo essas idéias que vão correndo a minha cabeça e que eu tenho certeza que voltam, num outro momento, vestindo outra camisa, irreconhecíveis, e que, no fundo, são as mesmas frases perfeitas. sempre as mesmas frases. num ciclo sem fim na minha matéria cinzenta, que já não absorve mais nada e que ainda não se conformou em ser, pra sempre, só matéria cinzenta.

tudo na vida é uma versão de outra coisa.

até que alguma coisa aconteça.

que faça os velhos hábitos fazerem sentido.

mas, OH LEITORES!, não se enganem: que isso tudo não passa de mais um... VINADRAMA!

6 comentários:

Ca disse...

eu faço a mesma coisa... exatamente igual!

lili disse...

vinadramas são um pouquinho dos dramas de cada uma de nós
a diferença é que a gente só conta uma pra outra e você escreve
saudade
=*

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Até esse blog, se formos pensar bem, é uma versão de um outro blog. =)

Sério, "senóide"?!

nai disse...

da última vez que isso aconteceu comigo, eu tava bebendo em san telmo, conversando com um holandes, e ele falou alguma coisa e eu tive um insight genial. era A frase perfeita pra escrever na monografia. tudo lindo, e pá, então como eu já perdi frases perfeitas antes eu resolvi escrever. bebâda que estava, no dia seguinte eu não consegui entender minha própria letra. triste...

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Nai, vc perdeu a frase, mas ganhou uma história sensacional!

vina apsara disse...

sei lá, cara... tava tentando lembrar algum nome de alguma curva famosa. deu branco. high school is way behind.

lili, fofa como sempre.

nai, não posso dizer que isso nunca aconteceu comigo. tirando san telmo e o cara gato.