domingo, 29 de julho de 2007

problemas conhecidos



Parte 1: a causa secreta.

Depois de uma partida humilhante de War império romano, em que perdi a europa oriental à toa à toa e, consequentemente, perdi o jogo, voltei para casa pensando em exorcizar meus demônios com uma boa leva de literatura hispano americana do século XV. Acabei jogando Mário kart e perdendo mais umas tantas rodadas. Impossibilitada de enfrentar o mundo, enfraquecida pelos obstáculos da vida, exausta de tentar levar uma vida de glórias ancestrais, resolvi finalmente entrar em reclusão por algumas eras e pensar na causa secreta que nos faz o que somos. Eu sou uma lástima.

Parte 2: as verdades universais

Com o grande sucesso de "O Segredo", derradeira estratégia para a conquista da felicidade a que todos estamos destinados, o mundo inteiro se prostou em imenso tédio. A fatídica conquista da felicidade levou a uma conseqüente supressão de todo o tipo de desejo, destruindo o modo de vida capitalista de uma vez por todas e adeqüando wich and every one of us ao modo de vida zen budista. Agora, estamos só esperando o demônio Mara chegar, pra ver se a gente vai logo embora.

Parte 3: quem com ferro fere

Não é segredo para ninguém que o universo possui vontade própria, necessariamente diferente dos desejos dos mais intusiastas. De fato, quanto mais expectativa, menos conspiração do universo. A capacidade destruidora dessa tal consciência universal é diretamente proporcional à nossa. O que, afinal, quer dizer que estamos todos fodidos.

3 comentários:

Anônimo disse...

Voltei! Tava viajando, sem computador!

W

vina apsara disse...

bem-vindo de volta!

Paulo Rená disse...

Sério, coé a desse "o Segredo"? Onde as pessoas esconderam a inteligência delas mesmas que agora não conseguem nem mais lembrar de procurar?