quarta-feira, 19 de setembro de 2007

i want to believe

As emanações produzidas por um meteorito que caiu no sábado passado na região peruana de Puno, na fronteira com a Bolívia, e que causaram dores de cabeça e problemas respiratórios nos moradores da área, podem ter sido provocadas por enxofre ou amoníaco, informaram nesta segunda fontes oficiais.

"Existe a procedência de uma substância que, na verdade, ainda não conseguimos determinar, mas pode ter sido enxofre ou amoníaco", disse o diretor de Saúde de Puno, Jorge López, ao afirmar que há um "perigo latente" de que possam causar mais problemas à saúde dos habitantes.

López disse que uma equipe de sete médicos do Ministério da Saúde do Peru foi deslocada para a zona a fim de atender os habitantes. Também serão coletadas amostras do solo e da água para determinar de que substância se trata e o grau de contaminação.

Cratera de 30 metros
O meteorito caiu no sábado passado na localidade de Carancas, situada cerca de 1,3 mil quilômetros ao sudeste da capital Lima e onde moram aproximadamente 500 famílias, provocando uma cratera de 30 metros de diâmetro e seis de profundidade.

Por sua composição e características, cientistas bolivianos sustentam que o meteorito é inofensivo, publicou a edição online do jornal boliviano La Razón.

"Recebemos uma amostra do pó altamente magnético, o que confirmaria, a primeira instância, que se trata de um meteorito. Além disso, possui alto conteúdo de ferro, ou seja, poderia se tratar de um meteorito", disse o investigador Gonzalo Pereira, citado pelo jornal do país vizinho.

EFE

Do site do Terra.

4 comentários:

vina apsara disse...

Fontes oficiais informaram que Mulder e Scully já estão a caminho.

Nai disse...

que, obviamente, concluirão que a substância misteriosa é kryptonita.

vina apsara disse...

a verdade está lá fora, nai...

lili disse...

o governo nega conhecimento...