sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

revisionismo

O amor se foi.

Só resta a memória do tango de traveco.

3 comentários:

Bruno disse...

O_O

Foi chocante assim?

tha disse...

quel, você já está de volta?

Nai disse...

eu quero ouvir essa história...