sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

desobjetivos de vida

como destruir tudo aquilo a que você se dedicou durante toda a sua vida:

1) desaprender espanhol para contar a piada do paraguayo;

2) ler overbook em iglês, quando tiver 90 anos, e achar bom;

3) escrever poemas concretos com catuaba selvagem;

4) fazer um filme pornô com três cavalos e pessoas albinas;

5) finalmente, levar o que ficou conhecido como "o poema do fagner" às telas;

6) beber em muriaé;

7) não ir pra aula porque você está com seus amigos bebendo num interminável copo de plástico uma dose do que você pensa ser vinho, mas na verdade é catuaba selvagem, na frente da sala de aula, cruzando olhares com a professora.

14 comentários:

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Peloamordeoquequerqueseja, você precisa filmar esse curta do Fagner!

É genial!

Pensar na Elis Regina e entrar a mulher no videokê!? Nossa, eu ri demais. Fantástico.

Tata Marques disse...

Porque em muriaé? Fica perto de manhumirim, pertim pertim.

Ca disse...

muito bom seu poema-roteiro do fagner. ele realmente merece ir às telas!
mas acho que o nome da personagem no karaokê devia ser dru... como é mesmo aquele nome de muriaé? rs!

nai disse...

catuaba selvagem é baixo nível, quel... me lembra daquela vez que a gente foi ver um filme tão ruim, mas tão ruim, que concluiu que deveríamos nos embriagar pra isso. mas a gente não conseguiu porque era ruim demais, e tivemos que assistir, sóbrias, a uma das piores produções cinematográficas do ano. aliás, que filme era?

vina apsara disse...

KING KONG!!

pois é, não é um poema, de qualquer modo, mas ficou conhecido como "poema do fagner" - que, aliás, eu acho ótimo, porque só fica mais engraçado.

Putz, Tata, beber em Muriaé, sentado no meio fio é um clássico. Depois voltar pra casa a pé junto com os mendigos. Você é de manhumirim?

Drucíola! E a história não seria verdadeira... Jesus, como eu falei merda em 24h...

Gente, vocês precisam então ler meus roteiros de verdade. hahahah

Mais sobre o Fagner: http://amoreseusobjetos.blogspot.com/2007/08/coisas-profundas.html

vina apsara disse...

ah, eu não sei colocar link nos comentários. esqueci tudo de html...

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Mais sobre links aqui.

Daí vc faz um "Fangner" bonitinho!

=)

Tata Marques disse...

Praticamente sou, ou fui: dos 8 aos 18 anos. Mas esse clássico me passou despercebido, embora tenha feito uso das redondezas para fins parecidos. Você é de Muriaé?

LRP disse...

haha, ficou ótimo!, o deprimente é que já cumpri meu desobjetivo... o que faço agora? começo a viver de novo?

vina apsara disse...

Rená: Fangner? Eu escrevi errado?

Tata: Também praticamente sou. Também usei as redondezas para fins parecidos, por isso digo que é um clássico - em muriaé e região! hahah

Suri: pode usar algum dos meus, eu deixo. Aliás, pra você ainda falta escrever o poema concreto de catuaba selvagem... haha

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Não, quem errou fui eu mesmo. Eu fui tirar onda "olha como eu sei html" e vacilei na morfologia... =)

LRP disse...

a do Eugénio é a proposta 2. qqr coisa, tô on.

Débora disse...

Isso se chama FINAL DE SEMESTRE minha cara....

vina apsara disse...

isso chama catuaba selvagem, de onde eu vim.