segunda-feira, 17 de novembro de 2008

230

5 comentários:

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

A mão escritora some diante do papel brance e a pena na tinta. Será que ficou com medo? Ou apenas entendeu que bom mesmo é viver a vida: deixe para os dias de tédio o fardo de contá-la!

vina apsara disse...

a jane austen?

nhá, acho que ela gosta do fardo...

Débora disse...

Vc foi ao banheiro ou coisa assim?

vina apsara disse...

banheiro?

Paulo Rená da Silva Santarém disse...

Água, comida, banho, algo do tipo? Aliás, piscou?